A Rosa …

Um homem plantou uma rosa e regou-a convincentemente,
e antes de desabrochar, examinou-a.
Ele viu que iria florir em breve e viu os espinhos; Pensou,
“Como pode uma flor bonita vir de uma planta carregada de tantos espinhos?”
Entristecido por este pensamento,
ele deixou de regar a rosa, que antes de estar pronta a florir, morreu.
Assim acontece com muitas pessoas.
Dentro de cada alma está uma rosa.
As qualidades Divinas plantadas em nós ao nascer,
crescem entre os espinhos dos defeitos.
Muitos de nós nos analisamos e só vemos os defeitos.
Desesperamos, pensando que nada de bom poderá possivelmente sair de nós.
Negligenciamos a rega do que há de bom dentro de nós,
e eventualmente isso morre.
Nunca chegamos a perceber o nosso potencial.
Algumas pessoas não vêem a rosa dentro delas próprias;
é preciso alguém lhes mostrar.
Uma das maiores bênçãos que uma pessoa pode possuir,
é ser capaz de passar pelos espinhos e encontrar a rosa dentro dos outros.
Esta é a característica do amor,
olhar para alguém, e sabendo dos seus defeitos,
reconhecer a rosa da sua alma, e ajudá-lo a percebe-la.
Se lhe mostrarmos a rosa, ela vencerá os espinhos.
Então ela florescerá, com trinta, sessenta ou cem pétalas,
conforme lhe foi dado.
O nosso dever no mundo é ajudar os outros
mostrando-lhes as suas rosas e não os seus espinhos.
Somente então atingiremos o amor pelo próximo;
somente então podemos florir no nosso próprio jardim.
” É este o papel da amizade. “

Anúncios

Satisfatório! Muito obrigada.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s