Estupor – Paulo Leminski.

Esse súbito não ter,
esse estúpido querer
que me leva a duvidar,
quando eu devia crer.

E sentir-se cair,
quando não existe lugar
aonde se possa ir.

Esse pegar ou largar,
essa poesia vulgar
que não me deixa mentir.

Anúncios

Satisfatório! Muito obrigada.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s