Cantigas da Tolerãncia.

Se Deus suportasse a lama
Só por mal gerando o mal
Ninguém veria uma flor
Saindo do pantanal.

Se lanço condenação
Eis a lição com que esbarro:
O pão que enriquece a mesa
Vem de uma cova de barro.

Alegrias sobre as dores,
Quantas no campo da vida!…
Anota o custo da seda
Ante a lagarta esquecida.

Não reproves alma algumarovações dolorosas!…
Há muita raiz no lodo
Para que o ramo dê rosas.

Demonstrando que a virtude
É sempre amor em ação,
Deus mostra os astros por jóias
No cofre da escuridão.

Anúncios

Satisfatório! Muito obrigada.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s