“Harmonia do Anoitecer”

Eis chegado o momento, entre luz e caligem,
cada flor se evapora, incenso a voar;
perfumes e canções, na tarde, a girar,
valsa desconsolada, lânguida vertigem!

Cada flor se evapora, incenso a voar;
vibram os violinos, corações se afligem;
valsa desconsolada, lânguida vertigem!
É belo e triste o céu, campo-santo no ar.

Vibram os violinos, corações se afligem,
suaves corações que a noite vem magoar!
É belo e triste o céu, campo-santo no ar;
o sol já se afogou no seu sangue de origem.

Suaves corações que a noite vem magoar
das luzes que se vão cada vestígio exigem!
O sol já se afogou no seu sangue de origem…
Tua lembrança em mim brilha como o luar!

Charles Baudelaire
Tradução-Jorge Pontual

Anúncios

Satisfatório! Muito obrigada.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s