Bendizer – Chico Xavier.

Que Deus não permita que eu perca o ROMANTISMO, mesmo sabendo que as rosas não falam.

Que eu não perca o OTIMISMO, mesmo sabendo que o futuro que nos espera não é assim tão alegre.

Que eu não perca a VONTADE DE VIVER, mesmo sabendo que a vida é em muitos momentos dolorosa…

Que eu não perca a vontade de TER GRANDES AMIGOS, mesmo sabendo que, com as voltas do mundo,eles acabam indo embora de nossas vidas…

Que eu não perca a vontade de AJUDAR AS PESSOAS, mesmo sabendo que muitas delas são incapazes de ver, reconhecer e retribuir esta ajuda.

Que eu não perca o EQUILÌBRIO, mesmo sabendo que inúmeras forças querem que eu caia.

Que eu não perca a VONTADE DE AMAR, mesmo sabendo que a pessoa que eu mais amo pode não sentir o mesmo sentimento por mim…

Que eu não perca a LUZ E O BRILHO NO OLHAR mesmo sabendo que muitas coisas que verei no mundo escurecerão meus olhos…

Que eu não perca a GARRA mesmo sabendo que a derrota e a perda são dois adversários extremamente perigosos.

Que eu não perca a RAZÃO, mesmo sabendo que as tentações da vida são inúmeras e deliciosas.

Que eu não perca o SENTIMENTO DE JUSTIÇA, mesmo sabendo que o prejudicado possa ser eu.

Que eu não perca o meu FORTE ABRAÇO mesmo sabendo que um dia meus braços estarão fracos…

Que eu não perca a BELEZA E A ALEGRIA DE VER, mesmo sabendo que muitas lágrimas brotarão dos meus olhos e escorrerão por minha alma…

Que eu não perca o AMOR POR MINHA FAMÌLIA mesmo sabendo que ela muitas vezes me exigirá esforços incríveis para manter a sua harmonia.

Que eu não perca a vontade de DOAR ESTE ENORME AMOR que existe em meu coração, mesmo sabendo que muitas vezes ele será rejeitado.

Que eu não perca a vontade de SER GRANDE mesmo sabendo que o mundo é pequeno…
E acima de tudo…

Que eu jamais me esqueça QUE DEUS ME AMA INFINITAMENTE.

Que um pequeno grão de ALEGRIA E ESPERANÇA dentro de cada um é capaz de mudar e transformar qualquer coisa…

Pois A VIDA È CONSTRUIDA NOS SONHOS
E CONCRETIZADA NO AMOR!

A Alma do Mundo – Chico Xavier.

Quando você conseguir superar graves problemas de relacionamentos, não se detenha na lembrança dos momentos difíceis, mas na alegria de haver atravessado mais essa prova em sua vida.

Quando sair de um longo tratamento de saúde, não pense no sofrimento que foi necessário enfrentar, mas na benção de Deus que permitiu a cura.

Leve na sua memória, para o resto da vida, as coisas boas que surgiram nas dificuldades.
Elas serão uma prova de sua capacidade,
e lhe darão confiança diante de qualquer obstáculo.

Uns queriam um emprego melhor;
outros, só um emprego.
Uns queriam uma refeição mais farta;
outros, só uma refeição.
Uns queriam uma vida mais amena;
outros, apenas viver.
Uns queriam pais mais esclarecidos;
outros, ter pais.

Uns queriam ter olhos claros; outros, enxergar.
Uns queriam ter voz bonita; outros, falar.
Uns queriam silêncio; outros, ouvir.
Uns queriam sapato novo; outros, ter pés.

Uns queriam um carro; outros, andar.
Uns queriam o supérfluo;
outros, apenas o necessário.
Há dois tipos de sabedoria:
a inferior e a superior.

A sabedoria inferior é dada pelo quanto uma pessoa sabe
e a superior é dada pelo quanto ela tem consciência de que não sabe.
Tenha a sabedoria superior. Seja um eterno aprendiz na escola da vida.

A sabedoria superior tolera, a inferior julga;
a superior alivia, a inferior culpa;
a superior perdoa, a inferior condena.
Tem coisas que o coração só fala para quem sabe escutar!

Tudo é Amor – Francisco Cândido Xavier.

VIDA é o Amor existencial.
RAZÃO é o Amor que pondera.
ESTUDO é o Amor que analisa.
CIÊNCIA é o Amor que investiga.
FILOSOFIA é o Amor que pensa.
RELIGIÃO é o Amor que busca Deus.
VERDADE é o Amor que se eterniza.
IDEAL é o Amor que se eleva.
FÉ é o Amor que se transcende.
ESPERANÇA é o Amor que sonha.
CARIDADE é o Amor que auxilia.
FRATERNIDADE é o Amor que se expande.
SACRIFÍCIO é o Amor que se esforça.
RENÚNCIA é o Amor que se depura.
SIMPATIA é o Amor que sorri.
TRABALHO é o Amor que constrói.
INDIFERENÇA éo Amor que se esconde.
DESESPERO é o Amor que se desepera.
PAIXÃO é o Amor que se desequilibra.
CIÚME é o Amor que se desvaira.
ORGULHO é o Amor que enlouquece.
SENSUALIDADE é o Amor que se envenena.

Finalmente, o ÓDIO,
que julga ser a antítese do Amor,
não é senão o próprio Amor que adoeceu gravemente.