“Ele Não Sabe Que Eu Sonho…”

Me olho;
Tinha uma flor no cabelo!

Penso;
Ele não sabe que eu sonho!

Lembro;
Ele saiu sem me beijar!

Sinto;
Não me importo, me importo!
Choro, desabafo
Calo, me acalmo

Me olho;
Tinha uma flor no cabelo!

Lamento;
Ele não sabe que eu sonho!

Isadoraschultz.

“De Esperar-Te”.

Te esperava,

enquanto meu coração

tecia sonhos,

bordava amores.

Enfeitava a casa

e meus cabelos com flores!!!

Clima de festa…

Preparava beijos e pernas.

Estendia nossa cama,

“mesa de banquetes e cio”.

Te espero…

Acarício meus seios,

“fonte de saciar tua sede”.

A gente é só amor e delícias!!!

Ávida e ofegante, abro a porta…

Vem amor… vem amor… vem amor!!!

Izadoraschultz

Quando Acreditei!!!

Rainha, fui sim
Quando sentei-me ao lado de um rei
Eu fazia lembrado, seu nome todo dia
Quando acreditei num deus.
Hoje sou plebeia
Sou ateia. . .
Caiu o manto que me encobria
Me fiz pagã
Maldigo teu nome todo dia
Te esconjuro
E, meu amor;
Ainda que eu me pergunte, porque me atrais
Eu juro
Não te quero nunca mais.

Isadoraschultz.

“Amor de sonhar.”

“O meu amor é do “meu amor”

e o trago guardado, em pano bordado

de aroma suave, perfumado,

dentro de mim!

O “meu amor” sonhado!

Do meu amor sem fim!

. . .e quando enfim, o “meu amor vier,

e o meu amor quiser;

o meu amor darei

em forma de MULHER! ! !

IsadoraSchultz.

“De Ti…”

Te vais pelos braços da madrugada.
Nos embalos de quem sonha,
Buscando surpresas, repentes,
e te perdes nas correntes,
tentando realizar teus sonhos
nas estampas da vida,
de flores humanas!
Pelas tortas linhas retas,
pelos teus sonhos secretos,
pelo berço do teu “EU” poeta.
vais levando…
Pelas fugas, pelos momentos.
Vais te afastando…
Pelas distorções, pelas distrações,
pela aventura ,pela saudade,
pelo uivo do teu peito,
pela luz, pela flor, pelo fogo, pela noite,
pelo encontro do “amor-perfeito”
continuas buscando!

Isadoraschultz.

Faz verão em mim!

Vem amor mora em mim!
E eu ficarei tão bem em ti!!!
Tenho em mim flores, carinho…
Meu corpo são, minha alma pura!
Te amo amor, com ternura!
Ah! a gente juntos,
em nossa cama de mil amores…
Vem, vamos alçar vôos!
Nossa loucura,
nossos corpos entendem.
O amor nos transporta.
sem plano de vôo, nem nada,
apenas voar voar…
Vem amor, mora em mim!
e eu ficarei tão bem em ti!!!
Vem apagar o braseiro
deste corpo que é tão teu.
Meu bem, amor meu!
Que venha logo esta hora!
Teu corpo, meu desejo.
Nossas bocas…que beijos,
que abraços doidos…
Sem tino, se buscando
Feito amor de cegos,se apalpando
E nas sinuosas… delírios,
Risos para o gozo…
Vem amor, mora em mim!
Eu ficarei tão bem em ti!!!

Isadoraschultz.

Muito Mais Que Desejo!!!

Vinho, velas e iguarías.
No ar, perfume de mirra.
Guardado…
Um olhar de amor!

Nos braços…
Abraços do nosso jeito!
Na boca de beijos e juras,
a melodia de “ais”…
Tudo está perfeito!

No ardor do encontro,
tua espada em meu ventre,
invade-me a carne quente…
Palavras…
que parecem lenha!
enlouquecendo a gente,
desde a vez primeira!

…e arrebatados num gozo
entre vinhos e velas,
brindamos o amor ardente,
a noite inteira!!!

IsadoraSchultz.

“Amor em delícias”.

Beija-me com os beijos da tua boca;

pois melhores são do que o vinho.

Que a tua mão direita esteja

debaixo da minha cabeça,

e com a esquerda me abraçes.

Tiraste-me o coração,

tiraste-me o coração com teus olhos,

pois entre mil são os mais belos.

Tu és o mais bonito entre dez mil.

Oh, amor em delícias, a quem ama a minha alma!

Morarás para sempre,

entre meus seios.

Faze-me ouvir a tua voz,

pois teu falar é doce. . .

Por isto as mulheres te amam! ! !

(transcrito dos “cantares”por Isadora Schultz)

“Amor Por Toda Vida…”

Teu olhar foi como um laço
Tua boca, como bebida forte
Teus braços em minha volta
Como corrente
A me levar furtivamente
Então eu já era tua
E te seguia, e te servia. . .
Meu dono! Meu amo!
Meu amor por toda a vida!
Estávamos alí. . .
Não como dono e escrava
Mas livres, e num só
Como corpo e alma
Sem tempo. . .
Entre sol e lua
E eu era linda!
E estava nua!
Eu era tudo!
Eu era tua!

Isadoraschultz.

“Olhares…”

 Temolhares que sem dúvidas
Dizem mais que mil palavras,
E que ao vê-los todos juntos
São como espelhos da alma.

Tem olhares que quando olham
São ardentes e machucam.
Enquanto tem olhares tão serenos,
Que consolam e acariciam.

Tem olhares insistentes,
misteriosos, pedindo ajuda.
E tem os indiferentes,
como os de tanta gente.

Tem olhares que escondem verdades
Que muito prejudicam.
E tem os que na luta diária,
fortalecem e acompanham.

E tem olhares que perdidos
entre milhares de olhares,
andam sós pela vida,
em busca de outros olhares.

E tem olhares que cativam
pela beleza e profundidade,
como o teu olhar
que me prende dia a dia.

Tem olhares que por tristes
enlutam a quem os vê.
E tem esses olhares doces
Que enobrecem a quem os reluz.

Tem olhares que derretem
até o coração mais duro
e iluminam suavementeo
pensamento mais confuso.

Tem olhares que perdidos
entre milhares de olhares
andam sós pela vida,
em busca de outros olhares.

E tem olhares que cativam
pela beleza e profundidade,
como teu olhar
que me prende dia a dia.

(Mirada – Axel F. tradução, isadora)