Nós – S.Subtil.

Dissipa os nós que na garganta me arranham
Para que soltas as palavras possam brotar.
Despedaça os nós que nas falanges me ferem
Para que minhas mãos voem no céu do teu corpo.
Destrói os nós da dura madeira de que sou feita
Para que a seiva possa sem obstáculos escorrer.
Desfaz os nós que me amarram ao cais
e deixa-me ir ao sabor da maré.
Mas nunca, por nada
Dissolvas o Tu e o Eu.

Anúncios

Porque Escrevo – S. Subtil.

Escrevo para expurgar fantasmas
Para matar o medo
e rasgar a dor.

Escrevo para esventrar a saudade
Dissecar o desejo
e enaltecer o amor.

Escrevo para renovar sonhos
Acordar a esperança
e quebrar a solidão.

Escrevo para me depurar
Para acalmar a alma
e pintá-la de novas cores.

Escrevo por mim e para ti!